O Dia do Orgulho LGBT passou, mas o sentimento tá sempre vivo na noite de São Paulo!

Boss In Drama no Club YachtFoto: Reprodução/ Facebook Boss In Drama

O Dia do Orgulho LGBT passou, mas não é só em um dia do ano que temos que botar a cara no sol, certo? Por isso, resolvemos relembrar alguns ícones LGBTs da noite de São Paulo.

Johnny Luxo

O DJ e ícone fashion Johnny Luxo é uma das personalidades mais conhecidas da vida noturna paulistana. Trabalhando sempre com os melhores fervos da cidade, ele começou na noite em 1992, na extinta Sra. Kravitz. Atualmente, ele é residente no Club Jerome, na festa Avéc Elegance, ao lado de outra figura muito querida da noite, Zé Pedro.

Max Weber

Um dos maiores maquiadores do Brasil, Max Weber é figura fervidíssima! Adepto a montações bafônicas, Max já declarou seu amor pela noite em entrevista, inclusive ressaltando que adora se montar e ir para o Club Jerome! Se você gosta da arte da beleza, precisa conhecer Max, que já maquiou nomes como Naomi Campbell, Isabeli Fontana, Karlie Kloss, Cara Delevingne, por aí segue, de Gisele Bündchen a Kate Moss, :O

Pabllo Vittar

Alguns nomes não podem faltar em nenhuma lista LGBT, né? Além de ser dona de uma potência vocal incrível, Pabllo Vittar também carrega animação por onde passa. E prova disso é a agitada vida festiva da drag queen. Ela por exemplo ganhou um casamento triplo com Thaynara OG e Anderson Tomazini em uma festa junina no Maranhão. Se isso não é uma festa boa, eu não sei de mais nada!

Mas não é só lá no norte que Pabllo gosta de se jogar. A cantora já passou pelo Club Yacht, em São Paulo, para curtir uma noite da festa Republika (RPBK), festa que explora a irreverência de grandes sucessos do Pop, R’nB e Black, transitando entre as músicas mais conhecidas dos gêneros com sets cheio de canções que nunca ficam velhas demais!

Valentina Luz

Sabe aquele tipo de pessoa que tá sempre no close mesmo quando não parece estar dando close de propósito? Uma delas com certeza é Valentina Luz, performer da festa Mamba Negra. Ela também é membro do grupo coletividade.NÁMÍBIÀ, coletivo negro de artes visuais que reivindica a negritude do techno e house music. Vale ainda mencionar também Aretha Saddick, MC Dellacroix e Euvira, todas figuras importantíssimas do underground contemporâneo em São Paulo.

Gloria Groove

Mais uma artista que sim, exaltamos sempre que possível! Groove é dona de uma voz que impressiona e, caso não bastasse, ela também manda umas rimas pra lá de afiadas, viu? Com muito flow nos versos e aquele talento pra rebolar, Gloria já nos contou que frequentava o Club Yacht, casa que hoje em dia recebe a cantora como atração especial.

 

Coletivo Animalia

Se você gosta daquele fervo performático ou performance fervida, essas gatas com certeza vão te hipnotizar. Os visuais sempre são impactantes, pra dizer o mínimo, e podem chocar os corações mais fracos, já fica o aviso. Formado por Lucas Navarro, Rodrag, Felipe Ferreira, Veniccio Barbosa e Wesley Lombini, o coletivo das Animalia ferve a Nossacasa Confraria das Ideias toda semana e tiveram até bloco no carnaval 2018 de São Paulo, sempre com um discurso de empoderamento LGBT negro.

Boss In Drama

Um dos DJ que mais cresceu na cena pop nos últimos anos, Péricles Martins é atração em diversas noites do circuito LGBT da noite de São Paulo. Quem não lembra de “Lista VIP”, música do DJ e produtor com a rapper Karol Conká, que explodiu entre o público dessas noites? Boss In Drama é inclusive nome que vira e mexe está na agenda Clubbing, através de casas como Club Jerome, Club Yacht e Lions Nightclub.

Lia Clark

Não tem frescurinha, não. A drag queen de Rhael Lima é personagem que vem sempre fervendo em seus clipes e não é à toa, não é difícil ver a funkeira – que já levou todo esse fogo para o Club Yacht – nas noites de São Paulo.

joga o popo na cara delas #ClarkBoomTourReloaded ✨

Uma publicação compartilhada por Lia Clark (@liaclarkoficial) em

Pedro Hmc

Criador do Põe na Roda, um dos maiores canais que aborda temas LGBT, Pedro entrou no clima da Copa e foi torcer pelo Brasil lá no Lions Nightclub. A casa noturna, um dos clubes de São Paulo com mais de 10 anos, tem realizado edições especiais da festa Ultralions nos dias de jogos nacionais, com apoio da LiGay e dos times de futebol voltados a lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transsexuais Unicorns Brazil e Futeboys.

Põe na roda. #lions #sonderapp #goproud

Uma publicação compartilhada por Beto (@betolopes81) em

Deixe uma resposta

Baixe a segunda edição da Revista Clubbing

Vai chegar no seu email!

X